Três alegados membros da Al-Qaeda, incluindo um presumível chefe da rede terrorista, foram mortos na sequência de um novo ataque levado a cabo por um drone, esta madrugada, no sul do Iémen, segundo fonte oficial citada pela AFP.

Um avião não tripulado atingiu pouco depois da meia-noite (22:00 de domingo em Lisboa) uma viatura todo-o-terreno, na qual se encontravam os três homens, na província de Chabwa, onde a organização terrorista está fortemente implantada, detalhou a mesma fonte, sob a condição de anonimato.

Uma fonte do governo do país citada pela CNN fala entretanto em vários ataques e «pelo menos 12 mortes» numa operação de larga escala no país.

(Artigo atualizado)