Fernando Solana Morales, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) do México (1988-1993) durante o governo de Carlos Salinas de Gortari, morreu esta quarta-feira, na capital do país, aos 85 anos, informou a família.

O político, além de MNE, foi ministro do Comércio (1977) e da Educação Pública (1977-1982 e 1993-1994), senador do congresso da União do México (1994-2000) assim como diretor-geral do Banco Nacional do México (1982-1988) e presidente da Associação Mexicana de Bancos (1987-1988).

A filha de Solana Morales, Eugénia, confirmou a sua morte às 11:00 locais (17:00 de Lisboa).