A 29 de maio de 1971, Cheryl Miller e Pamella Jackson, ambas de 17 anos, desapareceram a caminho de uma festa, em Dakota do Sul. Apesar das investigações, o mistério das suas mortes só agora, 43 anos depois, foi resolvido.

De acordo com as autoridades, as duas jovens morreram num acidente de carro, ao caírem num riacho perto de Elk Point. O carro esteve escondido no rio e apareceu finalmente graças a uma forte seca.

O veículo foi encontrado em setembro passado, mas os resultados dos testes forenses aos esqueletos só foi anunciado esta semana, avança a Sky News.

Os investigadores mostraram dezenas de fotografias da roupa, bem preservada, a carteira de Cheryl Miller e até a sua carta de condução com uma fotografia.

«Foi um acidente de carro», afirmou o general Marty Jackley.