O corpo do escritor Gabriel García Márquez, que morreu quinta-feira no México, será cremado «em privado» e na tarde de segunda-feira terá lugar uma homenagem no palácio das Belas Artes da capital mexicana.

Morreu Gabriel García Márquez

María Cristina García Cepeda, diretora do Instituto Nacional de Belas Artes revelou a informação ao ler um comunicado em nome da família do escritor colombiano em frente da sua casa no México.

Entretanto, a irmã mais nova de García Márquez, Aída García Márquez, manifestou esperança de que o corpo de «Gabo» seja sepultado na Colômbia, na sua terra natal, local de inspiração para as suas obras, disse.

O escritor colombiano e Nobel da Literatura Gabriel García Marquez morreu na quinta-feira na Cidade do México, aos 87 anos.

Na passada segunda-feira, a mulher e os filhos do escritor colombiano emitiram um comunicado, no qual afirmavam que o estado de saúde do escritor era «muito frágil», havendo «risco de complicações».

Gabriel Garcia Márquez regressara a casa no início do mês, depois de uma hospitalização que durou uma semana, por uma infeção pulmonar.