Pelo menos onze pessoas morreram em consequência de uma repentina inundação no curso de água Raganello, no Parque Nacional do Pollino, na Calábria, no sul da Itália, segundo revela a agência de notícias Reuters, com base em informações das autoridades italianas.

Ainda não são conhecidas as nacionalidades das vítimas mortais, mas já se sabe que seis delas eram mulheres e cinco eram homens.

A subida brusca das águas de um rio, provocada pelo mau tempo, surpreenderam as pessoas que estavam no parque natural.

Com o recurso a um helicóptero, as autoridades conseguiram resgatar 23 pessoas e continuam a realizar buscas ao longo do curso de água.

Pelo menos cinco pessoas estão desaparecidas, mas o número pode aumentar, uma vez que os socorristas não têm o número certo de caminhantes que estavam no local.

Este é um terreno muito difícil cheio de obstáculos por causa da sua formação geológica", disse Eugenio Facciolla, o procurador da cidade de Cosenza, na Calábria.

Depois de horas de fortes chuvadas e de vento, as condições meteorológicas melhoraram durante a tarde nesta zona da Calábria, próxima da localidade de Cosenza.