Um jovem de 18 anos morreu na sequência de um ataque de um tubarão enquanto pescava, em Port Douglas, na Austrália.

De acordo com a equipa de emergência que assistiu Daniel Smith, identificado pela ABC, o rapaz já estava morto quando chegou à costa, apesar das tentativas de reanimação por parte dos seus colegas.

O jovem, que teria acabado de concluir o 12ºano, encontrava-se numa embarcação privada perto de Rudder Reef, a cerca de 60 quilómetros de Cairns.

O chefe de operações do serviço de emergência de Queensland afirmou que o jovem entrou em paragem cardíaca imediatamente após ter sido mordido na parte superior da perna direita, virilha e braço.

«Seria especulação, mas existem muitos vasos sanguíneos na zona da virilha, para ter uma paragem cardíaca tão rápido, a razão provavelmente foi a perda de sangue», afirmou ao Cairns Post.

Os especialistas não souberam determinar a espécie de tubarão responsável pelo ataque, mas relembraram que é comum a sua presença em águas australianas, e que os ataques são cada vez mais comuns, à medida que os desportos náuticos ganham popularidade.

Passou cerca de uma década desde que um outro ataque de tubarão, na vizinha Opal Reef, vitimou mortalmente outra pessoa.