A revista «Marie Claire» confirmou que a foto foi tirada numa sessão para o número de Dezembro de 2013 da edição mexicana e escreveu que «é real, é honesta e é linda». Os fãs têm aplaudido a foto da supermodelo precisamente por ser «verdadeira».

 

Cindy Crawford, que faz 49 anos na próxima sexta-feira, foi uma das supermodelos mais famosas do mundo na década de 1990, tendo sido «coroada» pela revista «Forbes» em 1995 como a «modelo mais bem paga do mundo».

 

A fotografia foi partilhada pela jornalista Charlene White, da ITV News, na rede social Twitter, com a «devida vénia» à modelo norte-americana. A «Marie Claire» da Nova Zelândia também divulgou a imagem, dizendo que se tratava de uma sessão para edição de abril da versão norte-americana, mas a revista já esclareceu que se trata de uma imagem de 2013.

 

Cindy Crawford,  em entrevista à «Marie Claire»,lembra que nunca foi «uma daquelas raparigas magras que podem comer o que querem» e que sempre fez exercício e tentou comer bem.

 

«Mas ao mesmo tempo tento ser um bom modelo para a minha filha aceitando-me como sou e não dizendo “Isto faz-me parecer gorda?” ou “Não posso comer aquilo” ou “Estou em dieta”. Tento liderar dando o exemplo». E isso significa, acrescentou, não deixar a filha pensar que ter cuidado com o corpo significa ter de se privar e não se divertir.

Aos 48 anos, com dois filhos adolescentes, a fotografia de Cindy Crawford mostra ao mundo o corpo de uma antiga supermodelo aos 48 anos, sem nenhuma edição digital. O resultado é uma fotografia diferente daquilo a que o mundo está habituado e que faz refletir sobre as expectativas que recaem sobre as mulheres e o que se espera de uma antiga supermodelo.

 

Reflexo disso é a reação nas redes sociais, onde a fotografia da ex-modelo está a ser muito elogiada, lembrando que poucas têm a «coragem» de Cindy Crawford de desafiar o padrão das imagens retocadas e dos corpos perfeitos das revistas.