A estilista francesa Sonia Rykiel faleceu esta quinta-feira vítima de Parkinson. A alta-costura perdeu a “rainha das malhas”, como era conhecida pelas suas coleções, aos 86 anos.

A notícia da morte da estilista foi avançada pela filha e pelo presidente francês, François Hollande.

Sonia Rykiel sofreu de Parkinson durante 20 anos, mas foi em 2012 que a estilista assumiu publicamente a doença.

O presidente francês descreveu-a como uma “pioneira” no mundo da moda numa mensagem no Twitter.

“O seu estilo continuará a ser símbolo da aliança entre a cor e a natureza, a fluidez e a luz”.

Nascida em Paris a 25 de maio de 1930, Sonia Rykiel afirmou-se anti-burguesia quando abriu a primeira loja de pronto-a-vestir no centro da capital francesa em 1968.

O seu estilo criativo é conhecido pelo uso de cores vibrantes e técnicas de malas inovadoras. Entre  as coleções de alta-costura Rykiel vestiu algumas celebridades como Audrey Hepburn, Brigitte Bardot, Catherine Deneuve e Françoise Hardy.

No mercado de pronto-a-vestir mais comercial, Sonia Rykiel também teve, em 2009, uma colaboração especial com a H&M.

Nathalie e Sonia Rykiel

Em 1995, quando a doença foi diagnosticada, a filha Nathalie assumiu a gestão e direção artística da estilista, cujas coleções têm sido, desde essa altura, criadas em colaboração com jovens estilistas.