O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, exonerou esta sexta-feira o ministro da Defesa Nacional de Moçambique, Filipe Nyusi, substituído no cargo pelo vice-ministro do pelouro Alberto Mondlane, indica uma nota enviada à Lusa pela Presidência moçambicana.

Há duas semanas, o comité central da Frelimo elegeu Filipe Nyusi como candidato da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, partido no poder) às eleições presidenciais de 15 de outubro.

A exoneração do ministro da Defesa moçambicano foi anunciada no dia em que Armando Guebuza iniciou a «Presidência Aberta», que o levará a todas as províncias do país «para agradecimento aos moçambicanos», de acordo com uma nota do gabinete presidencial.