Doze pessoas morreram e 23 ficaram feridas, na sequência de um choque frontal entre duas viaturas informais de transporte de passageiros, vulgo «chapas», ocorrido na terça-feira na capital moçambicana, informou a imprensa de Maputo.

O acidente deu-se no bairro suburbano do Zimpeto, entre dois «chapas» que faziam a mesma rota, e que colidiram frontalmente.

Cinco pessoas morreram no local e as restantes sete vítimas mortais não resistiram aos ferimentos, depois de levadas para o Hospital central de Maputo.

Segundo declarações de agentes no local, citadas hoje pela imprensa de Maputo, o acidente deverá ter sido causado por «excesso de velocidade e imperícia dos condutores».