O Ministério da Defesa desafiou os espanhóis a fazerem 22 flexões “para todos os que põem a sua vida ao serviço de Espanha”, a gravarem o feito e a distribui-lo na rede social Twitter com o ‘hashtag’ “#22porEspaña”.

Com esta iniciativa, o Ministério pretende realçar o trabalho de todos os que prestam diariamente “um serviço ao país e ao conjunto dos espanhóis”.

A Marinha já aderiu ao desafio e os marinheiros embarcados no navio-escola Juan Sebastián Elcano já distribuíram um vídeo onde aparece uma meia centena de militares, na coberta, a fazer as flexões.

Existem também dezenas de militares, que, a título pessoal, distribuíram imagens a fazer as flexões, através de várias redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram.

A Guardia Civil e a Polícia Nacional também já mostraram o seu apoio à iniciativa, que tem como inspiração o “22 Push-up Challengees”, um desafio viral que se espalhou pelos EUA, que pretende replicar o do despejo de um balde de água gelada pela cabeça.

Estas 22 flexões nos EUA tiveram como objetivo consciencializar a sociedade norte-americana para os 22 suicídios diários de ex-combatentes, os designados veteranos de guerra.