As autoridades chinesas revelaram este sábado a morte de 21 dos 22 mineiros que estavam desde sexta-feira soterrados numa mina de carvão da região autónoma de Xinjiang, no noroeste do país, informou a agência oficial Xinhua.

Uma explosão de gás foi registada às 01:26 de sexta-feira (17:26 de quinta-feira em Lisboa) na mina de Baiyanggou, na localidade de Hutubi, quando 34 mineiros estavam a trabalhar no subsolo, disseram na sexta-feira as autoridades locais.

Vinte e dois mineiros ficaram presos no interior da mina depois da explosão, mas apenas um foi resgatado com vida, informou este sábado a Xinhua, citando os serviços de emergência provinciais.