Cinco civis armados e um elemento do Exército mexicano morreram sexta-feira em vários atos de violência na cidade de Reynosa, no estado de Tamaulipas, noroeste do país e fronteiro com os Estados Unidos.

O Grupo de Coordenação de Tamaulipas, integrado por forças federais e estatais, informou em comunicado que pelas 09:15 locais (15:15 de sexta-feira em Lisboa), os militares deslocaram-se a uma casa depois de uma denúncia e foram atacados por civis armados, tendo atingido mortalmente um dos atacantes.

Um militar ficou ferido neste ataque e acabaria por morrer no hospital.