Uma reformada de 74 anos que estava paralisada há 11 anos, diz que voltou a andar depois de visitar uma igreja no Sul de Itália, no mês passado. A mulher está convencida que foi agraciada por um «milagre».

O alegado milagre aconteceu durante a missa da manhã, numa igreja de Pompeia, conta o «Daily Mail». «Tomei a comunhão e imediatamente senti um fogo que subia dos meus pés para as minhas pernas e tomou o meu corpo inteiro. Ao mesmo tempo, senti um cheiro intenso a flores», conta a mulher.

«Esqueci-me que eu estava na igreja e olhei em volta, convencida que as minhas roupas estavam em chamas. Estava coberta de suor, escorria água da cabeça. Disse ao meu marido que sentia uma alegria intensa e que precisava andar», contou a um jornal local, confessando que sentiu medo.

A idosa estava paralisada desde de 2008, depois de uma cirurgia a um cancro de mama e um aneurisma cerebral. Durante anos, ela visitou o Santuário da Virgem do Rosário de Pompeia, mas as suas preces para voltar a andar nunca tinham sido atendidas.

O Vigário Giuseppe Adamo confirmou que testemunhou o incidente, mas a Igreja permanece cautelosa em falar em «milagre», aguardando por um relatório médico detalhado.