Nove migrantes cubanos morreram no mar quando procuravam alcançar os EUA numa embarcação sem condições, segundo outros 18, que foram socorridos perto da costa do Estado da Florida, anunciou na sexta-feira a Guarda Costeira norte-americana.

Os 18 sobreviventes, que estavam com uma “severa desidratação”, garantiram que “nove migrantes morreram no mar”, depois de terem saído de Cuba há 22 dias.

O Presidente norte-americano, Barack Obama, é esperado na ilha no domingo.