A Marinha de Guerra italiana anunciou esta segunda-feira ter recuperado os corpos de seis migrantes durante operações de patrulha no Mar Mediterrâneo, que permitiram também salvar cerca de 500 pessoas.

Os nossos barcos recuperaram com vida cerca de 500 pessoas durante os seis dias de operações de socorro", lê-se num comunicado da Marinha de Guerra italiana, que lamentou, por outro lado, a morte de seis migrantes e assegurou que o patrulhamento nas águas do Mediterrâneo vai continuar para tentar encontrar mais sobreviventes.

A Itália mantém no Mediterrâneo um grande número de navios numa operação que se estende até à costa da Líbia.