Os EUA confirmaram, esta quinta-feira, que vão auxiliar os países europeus na distribuição dos milhares de refugiados que todos os dias chegam ao velho continente, acolhendo 10 mil sírios no próximo ano.

A informação foi avançada pelo secretário para a imprensa da Casa Branca, Josh Earnest.

Segundo a agência Reuters, o número reflete um “aumento significativo” do total de refugiados que os EUA tinham acordado receber, aceitando também responsabilidade por satisfazer as necessidades básicas de todos os que forem recebidos em solo americano.