O naufrágio de três embarcações, ocorrido esta sexta-feira durante a travessia da Turquia para a Grécia, provocou a morte de 45 pessoas, com as autoridades turcas a prometerem que vão “fazer tudo” para parar o fluxo de refugiados.

Apesar das más condições meteorológicas, milhares de pessoas que fogem da guerra e miséria continuam a aventurar-se na perigosa jornada marítima para procurar uma vida melhor na Europa.

Esta sexta-feira, os guardas costeiros gregos e turcos recuperaram os corpos de 45 migrantes, dos quais 20 crianças, cujos barcos se afundaram quando se dirigiam para a Grécia, informaram fontes oficiais, citadas pela AFP.

(Foto de arquivo)