Cinco pessoas morreram na Micronésia, no Pacífico central, à passagem do super-tufão Maysak e o estado de emergência foi decretado esta quarta-feira em Chuuk, principal estado da federação.

Os Estados Confederados da Micronésia são Chuuk, Kosrae, Pohnpei e Yap e situam-se a norte da Papua Nova Guiné.

O Maysak levou três dias para atravessar Estados Confederados da Micronésia. Acompanhado de ventos de 260 quilómetros/ hora, o tufão assolou Chuuk na noite de domingo e continuou o seu curso sobre o vasto arquipélago composto por 607 ilhas antes de tocar o estado de Yap hoje.

O tufão deverá dirigir-se para as Filipinas.

«O governador Johnson Elimo declarou o estado de emergência (em Chuuk) por causa dos estragos causado pelo tufão, incluindo cinco mortos», disse o Presidente dos Estados Confederados da Micronésia em comunicado, ao apelar à ajuda internacional.