Jerold e Mani Clay não têm casa, nem trabalho. A relação dura há dez anos e nem as agruras da vida os separou. Há três anos que o seu maior desejo era casar e, agora, com a ajuda da comunidade de Michigan, nos Estados Unidos, o sonho realizou-se na passada quinta-feira, avança o canal Fox 17.
 

“Este dia significa muito para mim. Até me emocionei”, afirmou Jerold Clay à estação de televisão.


Kenneth Kibby, que oficializou a união do casal não tem dúvidas que foi “a coisa certa para se fazer”. “Eles precisam do dinheiro mais do que eu. Estas duas pessoas estão a tentar refazer a vida. Deus deu-me muito e é altura de eu retribuir”, afirmou à Fox 17.



Mas Kenneth Kibby não foi o único a ajudar. Uma loja disponibilizou a roupa e tratou do bouquet. Enquanto um cabeleireiro penteou e maquilhou a noiva.

“Foi uma bênção. Não esperava isto tudo”, confessou a noiva à estação de televisão.


O casal está à procura de emprego e vã continuar a sua luta juntos.