Há palavras que correm o mundo em todas as línguas em poucos segundos. « Michael Jackson morreu» são três delas. A morte da estrela foi declarada às 2h26 p.m. em Los Angeles, 22h26 em Lisboa.

O cantor já «não se sentia bem» desde quarta-feira e ligou ao manager com algumas queixas. Durante a noite, o coração parou.

Os médicos tentaram reanimá-lo durante uma hora, mas não voltou a acordar.

Esta é a última imagem de Michael Jackson, entubado na ida para o hospital.

Uma multidão juntou-se de imediato nas imediações do hospital de Los Angeles, mas as lágrimas dos fãs rapidamente se espalharam pelo mundo. Em Lisboa também há homenagens. Milhões «juntaram-se» também na Internet.

Os famosos também não esquecem Michael Jackson. Até os líderes políticos reagem à morte do cantor, como Hugo Chávez.

Às primeiras horas desta sexta-feira, começaram a surgir rumores, insinuações e justificações para a morte prematura [tinha 50 anos] da estrela. O manager garantiu que tudo estava bem há um mês, mas o advogado da família considera que a causa da morte terá sido o abuso de medicamentos.

Entretanto, a polícia está a tentar localizar médico pessoal de Jackson, segundo noticia o site TMZ. A autópsia já se iniciou e alguns resultados poderão ser conhecidos hoje.

Saiba também os pormenores mais mediáticos da sua vida, como a mudança de cor.

Resta a pergunta: Michael Jackson foi a maior estrela da música? Deixe-nos a sua opinião nos comentários.