Um jovem de 18 anos confessou ter assassinado dois irmãos adolescentes, dentro da casa que os três partilhavam, em Ottawa, no noroeste do estado de Ohio, EUA, avançou esta terça-feira o portal «The Big Story».

O crime cometido em Maio deste ano tem sentença marcada para o próximo mês, e o confesso assassino, Michael Fay pode vir a ser condenado a prisão perpétua.

Fay e os dois irmãos, Blaine Romes (14 anos) e Blake Romes (17), desentenderam-se durante uma discussão. Após o evento, Fay dirigiu-se a uma unidade de armazenamento da sua mãe para buscar uma arma, que usou para disparar sobre Blaine, que se encontrava a dormir, e Blake, que estava no seu quarto.

O crime foi descoberto pela mãe dos jovens falecidos que desconfiou de o seu filho mais novo não atender o telemóvel, uma vez que estava programada a sua ida numa visita de estudo a Washington DC. A mãe dos adolescentes regressou à habitação e encontrou rastos de sangue e a arma do crime, o que a levou a chamar o 112.

As autoridades desconfiaram primeiramente do rapto dos três rapazes, já que além do sangue foram encontradas marcas de pneus que se afastavam do local.

A polícia acabaria por encontrar Fay numa estação de serviço, a 120 milhas (193 Km) do local dos crimes, onde o acusado acabaria por confessar os crimes e apontar a polícia para os lugares onde se encontravam os corpos.