Dezassete pessoas foram detidas este domingo em Saint Louis, no estado norte-americano do Missouri, por se recusarem a dispersar após um protesto organizado no fim de semana contra o racismo e a violência policial, informaram as autoridades.

Milhares de pessoas participam desde sexta-feira em manifestações nas ruas de Saint Louis convocadas sob o lema «Fim de semana de resistência», na sequência da morte de um jovem negro, Michael Brown, de 18 anos, abatido por um polícia em Ferguson, nos arredores de Saint Louis, em agosto passado.

«Na noite passada, 17 pessoas foram detidas por reuniões ilegais», detalhou a polícia local através da sua conta na rede social Twitter.