Agentes da polícia mexicana detiveram um cidadão hondurenho considerado no seu país como um delinquente de extrema perigosidade por ser um predador sexual de raparigas entre 08 e 17 anos, revelou a Procuradoria mexicana.

Em comunicado, a procuradoria explica que elementos da Agência de Investigação Criminal detiveram em Tapachula, estado de Chiapas, sudoeste do país, Hugo Edgardo Sierra Benavidez, foragido da justiça e com mandado de captura por evasão nas Honduras.

Hugo Edgardo Sierra Benavidez, 39 anos, estava detido nas Honduras e acusado de ab uso sexual sobre 40 raparigas.

Agora o detido será deportado.