As autoridades mexicanas encontraram um sofisticado túnel subterrâneo, no México, que liga a cidade do Tijuana aos Estados Unidos. A polícia acredita que a construção serviria para facilitar o tráfico de droga entre os dois países.

A estrutura foi encontrada ainda por terminar e as autoridades acreditam que quem a construiu foi o famoso Cartel Sinaloa, um gangue de narcotraficantes mexicanos.

Segundo testemunhos policiais, o túnel tem 123 metros de comprimento e seis de altura, sendo necessário usar uma escada para entrar na estrutura.

Apesar de inacabado, o túnel tinha caris, luz e ventilação, terminando junto da fronteira com os EUA.  

Este é a terceira estrutura deste tipo encontrada no México, este ano. Desta vez, os autores tentaram escondê-lo, construindo-o dentro de um armazém.

O design do túnel e o nível de sofisticação apontam para a autoria do cartel, que é conhecido por este tipo de construções para facilitar o tráfico de droga.

No mês passado, Joaquin Guzman, o líder do cartel, escapou de uma prisão de máxima segurança, atravessando um túnel do mesmo género, com um quilómetro e meio de comprimento.