Um homem matou um amigo, no Novo México, porque acreditava que este se estava a tornar num zombie, depois de terem passado várias horas a ver a série “Walking Dead”. 

De acordo com o The Guardian, Damon Perry e Christopher Paquin, ambos com 23 anos, tinham passado várias horas a beber e a assistir à série.

A polícia foi chamada ao apartamento, na passada quinta-feira, depois de ter recebido uma queixa, dizendo que um homem alcoolizado estaria a correr atrás da mulher com uma faca. Mas, quando os agentes chegaram ao local, a cena foi muito mais insólita.

Dois homens estavam a segurar Damon, que se encontrava perto do cadáver de Christopher. O jovem tinha espancado o amigo, pontapeando-o e esmurrando-o, e terá usado objetos afiados para desferir golpes no seu corpo. As autoridades referiram que Damon chegou mesmo a atirar-lhe uma guitarra e um micro-ondas.

Um dos agentes chamados ao local, Moses Marquez, afirmou que este tinha sido um dos homicídios mais “estranhos e macabros” que já tinha visto.
 

“Damon Perry disse aos investigadores que tinha estado a beber grandes quantidades de álcool, quando o seu amigo se começou a transformar num zombie”, declarou o departamento da polícia, em comunicado.


O homem foi preso e aguarda julgamento por homicídio. Para esperar pela sentença em liberdade, Damon precisaria de pagar uma fiança no valor de 800.000 dólares.