O centro de furacões norte-americano baixou a classificação do furacão Norma para tempestade tropical, à medida que se aproxima das costas do México, no Pacífico.

Às 01:00 de hoje em Lisboa, o Norma encontrava-se ainda a 335 quilómetros a sul do cabo San Lucas, uma estância balnear no estado mexicano da Baixa Califórnia do Sul e avançava a seis quilómetros por hora (km/h) para norte, com ventos de 100 km/h, indicou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

"O Norma, agora como tempestade tropical, mantém o rumo para norte, podendo originar chuva forte em Sinaloa, Nayarit, Jalisco e Colima, e também na Baixa Califórnia do Sul (sul e sudoeste)", indicou o Serviço Meteorológico do México.

O Norma formou-se na quinta-feira no Pacífico e transformou-se num furacão de categoria 1 na sexta-feira. A tempestade dirige-se para uma zona onde morreram sete pessoas, na sequência da passagem do furacão Irma, no princípio do mês.

O furacão Max, de categoria 1 quando atingiu na quinta-feira a costa mexicana no Pacífico, com ventos de 130 km/h, baixou também, na sexta-feira, para tempestade tropical.

Em 2013, dois furacões quase simultâneos atingiram as costas do Pacífico e das Caraíbas do México, causando 157 mortos.