“Vamos fechar os lugares clandestinos e não regulamentados, não para dificultar a prática da região, mas para que possa ser praticada em lugares que estão em ordem”, acrescentou o ministro.


detenções na Bélgica