A epidemia de Síndrome Respiratória do Médio Oriente, o novo coronavírus, afetou a indústria do turismo na Coreia do Sul, onde, em junho, o número de visitantes estrangeiros desceu 41%, revelam dados estatísticos hoje publicados.

O ano começou bem para o setor, com uma subida de 10,7% do número de visitantes nos primeiros cinco meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2014.

No entanto, a 20 de maio foi diagnosticado o primeiro caso de contaminação do novo coronavírus, num homem que tinha regressado da Arábia Saudita – a epidemia acabou por contaminar 186 pessoas, causando 36 mortes.

Recorde-se que o governo da Coreia do Sul já declarou " virtualmente acabado" no país o surto, ao cumprirem-se 15 dias sem novos casos da doença, que causou dezenas mortos desde finais de maio.