O papa Francisco desejou esta sexta-feira a todos um “ano de paz” e de “misericórdia”, perante milhares de fiéis reunidos na praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano, sob fortes medidas de segurança.

“A todos desejo um ano de paz na graça de Deus, rico e misericordioso”, disse o papa argentino na oração do Ângelus.

À semelhança do dia de Natal, a praça de São Pedro estava hoje sob alta proteção policial, e cada um dos fiéis teve de passar por um pórtico de segurança antes de entrar na praça.

Mais cedo, o papa tinha rezado uma missa por ocasião do dia mundial para a paz, na qual apelou à esperança, apesar da violência e da injustiça no mundo.

“Um rio de miséria, alimentado pelo pecado, parece contradizer a plenitude dos tempos realizados por Cristo”, afirmou o sumo pontífice da Igreja Católica.

Ainda assim, acrescentou, “as inundações deste rio nada podem fazer contra o oceano de misericórdia que inunda o nosso mundo”.

Na sua mensagem anual para a paz, a cada 01 de janeiro em todas as igrejas católicas, o papa fustigou “a indiferença” de um mundo demasiado informado e apelou aos Estados para que impeçam a extensão dos conflitos e cooperem entre si de forma “respeitosa”.