O filme Frozen já inspirou muitas crianças, mas para Sadie, uma menina com albinismo, foi diferente. É que se a princesa Elsa, protagonista do filme, tem cabelo branco como manifestação dos seus poderes, Sadie tem pouco ou nenhum pigmento no cabelo, pele e olhos devido ao seu distúrbio congênito.

No primeiro dia de escola, na fila para entrar na sala, um menino aproximou-se e gritou: “O teu cabelo é igual ao da Elsa!”, contou a mãe de Sadie, a jornalista canadense Emily Urquhart à BBC.

No filme da Disney, Elsa consegue construir castelos de gelo com a sua magia e, quando os poderes saem do controle, ela isola-se para proteger a família.

Antes do filme, muitas pessoas questionavam Emily na rua sobre a cor de cabelo da filha. Quando Frozen saiu, Sadie tinha três anos e as pessoas começaram a relacionar Sadie com a protagonista Elsa.

Foi como se essa personagem omnipresente da Disney, de alguma forma, tivesse normalizado as diferenças da minha filha”, acrescentou a mãe. "Por enquanto, a minha filha é uma fã de Frozen , então isso funciona e dá às pessoas algo positivo para comentar, embora eu me preocupe com o momento em que Elsa for descartada por outros novos personagens".