A assessora republicana, autora do texto lido por Melanie Trump, apresentou a demissão, depois da polémica sobre o alegado plágio ao discurso que Michelle Obama leu em 2008. Donald Trump considerou que errar é humano e rejeitou o pedido de demissão.

Numa carta divulgada pela imprensa norte-americana, a assessora revelou que quando preparava o texto falou com Melania ao telefone sobre algumas personalidades que a inspiravam. Melania terá lido passagens do discurso de Michelle Obama, e Meredith Mclver escreveu-as. Mais tarde, utilizou esse rascunho na versão final do discurso.

Depois de concluído o texto, a assessora admite que nunca o comparou ao de Michelle Obama, e esse foi o seu erro.

Não verifiquei o discurso de Michelle Obama. Esse foi o meu erro e sinto-me mal pelo problema que causei à Melania e a Trump, assim como a Michelle Obama”, disse Meredith Mclver, autora do texto lido pela esposa de Donald Trump.

Leia também: as semelhanças entre a mulher de Trump e Michelle Obama

O candidato republicano à Casa Branca recusou o pedido de demissão da assessora. Na mesma carta, Mclver escreve que Trump lhe terá dito que todos erram e aconselhou-a a aprender com os erros para os evitar no futuro.

“Ofereci a minha demissão ao Sr. Trump e à família, mas ele recusou. Trump disse-me que as pessoas cometem erros inocentes e que aprendem e crescem com essas experiências. Peço desculpa por toda a confusão e histeria que o meu erro causou”, disse.