Um juiz brasileiro proibiu, esta quarta-feira, a publicação do livro do nazi Adolf Hitler “Mein Kampf” no estado do Rio de Janeiro, considerando-a ilegal por “incitar a práticas intolerantes” de grupos sociais e religiosos contra os judeus.

Segundo a imprensa brasileira, o juiz Alberto Salomão Júnior determinou a proibição no Rio de Janeiro da comercialização, exposição e divulgação do livro “Mein Kampf – A Minha Luta”, escrito em 1925 por Hitler, acatando o pedido do Ministério Público.

As editoras que violarem o veredito arriscam uma multa de 5.000 reais (1.159 euros) por cada dia que o livro estiver à venda.