Mais de 4.500 migrantes de várias nacionalidades foram resgatados esta sábado no Mediterrâneo quando tentavam atravessar para a Europa a partir da costa da Líbia, em 21 operações de salvamento, anunciou a guarda costeira italiana.

O barco dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) resgatou mais de 800 pessoas que pretendiam chegar a Itália, assim como outros migrantes, recolhidos durante as operações de resgate.

"Nós começámos hoje ainda antes do amanhecer com o nosso primeiro socorro. Resgatámos dois barcos de madeira e dois barcos de borracha", disse Simon Burroughs, coordenador das missões de socorro dos MSF.