O novo presidente da Argentina, Mauricio Macri, já está a dar que falar. O episódio mais recente aconteceu na quinta-feira, durante a tomada de posse, na varanda da Casa Rosada, em Buenos Aires.

Tudo porque retirou a faixa presidencial e começou a dançar ao som da música que animava a multidão, que acompanhava a cerimónia na Praça de Maio.

A atitude inesperada quebrou o protocolo rigoroso que envolve as cerimónias de investidura na Casa Rosada, sede da presidência na Argentina.

"Preciso que todos os argentinos nos acompanhem, que participem. Merecemos viver melhor. Convosco, vamos construir a Argentina com que sonhamos!", disse, antes de protagonizar o momento.


No entanto, esta não é a primeira vez que o antigo presidente da câmara de Buenos Aires, agora chefe de Estado, mostra que sabe dançar.

Macri já tinha festejado a vitória nas eleições presidenciais com uma dança debaixo de uma chuva de balões e confetis.



E em 2009, quando fez 50 anos, comemorou com uma imitação de Freddy Mercury.



Recorde-se que o recém empossado Mauricio Macri, de centro-direita, pôs fim a 12 anos da família Kirchner no poder.