O antigo comandante das Brigadas Vermelhas das Falintil Mauk Moruk foi hoje levado da sua casa, em Díli, por agentes da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), testemunhou a Lusa no local, cerca das 18:00 locais (09:00 em Portugal.

Segundo um agente da PNTL, Mauk Moruk foi transportado para a Procuradoria-Geral da República.

À saída da sua residência na capital timorense, gritou repetidamente «a luta continua».