Os militantes do Boko Haram mataram mais de 100 pessoas, durante um ataque à cidade de Fotokol, no Norte dos Camarões. Entraram dentro de casas e degolaram os habitantes e incendiaram uma mesquita, contou um dirigente local, em conversa telefónica com a Reuters.
 
«O Boko Haram entraram em Fotokol através de Gambaru, de manhã cedo, e mataram mais de 100 pessoas na mesquite e nas casas», contou o dirigente cujo nome não foi revelado.
 
O Boko Haram respondeu desta forma à ofensiva lançada na terça-feira pelo exército do Chade sobre Gamboru, um dos redutos islamitas na vizinha Nigéria.
 
O exército do Chade saiu na terça-feira de Fotokol para atacar Gamboru, situada muito perto. «Quando os chadianos entraram em Gamboru, os Boko Haram que estavam na cidade e em alguns povoados dos arredores fizeram um desvio e chegaram nesta manhã a Fotokol», explicou uma fonte de segurança camaronesa citada pela AFP.