Mason Wells tem apenas 19 anos e pelo menos três histórias de sobrevivência para contar. Mason, natural do estado norte-americano do Utah, ficou gravemente ferido nos atentados de Bruxelas e já tinha sobrevivido aos atentados de Boston, em 2013, e aos de Paris, em novembro de 2015.  

De acordo com a imprensa norte-americana, que conta a história de Mason, o jovem estava a um quarteirão da linha de chegada da maratona de Boston, quando se deu a explosão, a 15 de abril de 2013. Os mesmos órgãos de comunicação avançam que Mason também estava em Paris, a 13 de novembro do ano passado, quando aconteceram os ataques terroristas que mataram 130 pessoas e fizeram dezenas de feridos.

Mason ficou agora gravemente ferido: rompeu o tendão de Aquiles e sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no rosto e nas mãos.

O jovem faz parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Outros três membros da mesma congregação também ficaram feridos nas explosões dos ataques no aeroporto de Zaventem. São eles Joseph Empey, Fanny Rachel Clain  e Richard Norby.

Richard Norby, 66 anos, norte-americano

Joseph Empey, 20 anos