O Parlamento Europeu (PE) votou esta quinta-feira favoravelmente a proposta da Comissão Europeia para a criação de um mecanismo para recolocar mais 120 mil refugiados pelos Estados-membros.

Colocada de forma extraordinária na agenda parlamentar, a votação da recolocação das pessoas que se encontram em Itália, Grécia e Hungria foi aprovada por uma ampla maioria dos eurodeputados.

A votação foi proposta na quarta-feira pelo presidente do PE, Martin Schulz.