Um adolescente marroquino foi condenado a três meses de prisão por um tribunal de Casablanca por ter ameaçado de morte o Presidente norte-americano, Barack Obama, através da rede social Twitter, informaram fontes judiciais.

Segundo a agência France Presse, o jovem, de 17 anos, natural da região de Azilal, no centro de Marrocos, foi considerado culpado de «crime eletrónico» e de «apelar à violência através de meios eletrónicos».

«Eu matarei o vosso Presidente e todas as pessoas que estejam na sua companhia. Isso é o que eu farei quando chegar aos Estados Unidos no próximo mês», escreveu o adolescente, que foi depois interpelado pela Polícia Judiciária de Casablanca.