Mariela Castro, filha do Presidente cubano, Raúl Castro, elogiou, esta quinta-feira, Barack Obama pela «coragem» da sua nova política que a apanhou de surpresa porque não estava a par dos contactos para o restabelecimento das relações.

«Felicito o Presidente Obama pela sua coragem. Realmente o que eu mais desejava era que passasse à história como o Presidente dos Estados Unidos que acabou com o bloqueio e que libertou os cinco [agentes cubanos presos]», disse em entrevista à televisão norte-americana CNN, transmitida esta quinta-feira.

Mariela Castro Espín confessou que, a determinado momento, pensou estar a ser «utópica» atendendo aos seus desejos, mas que, no fundo, não perdeu a esperança, pelo que agora está contente por «ter tido fé» numa possibilidade que se tornou realidade.