dois irmãos suspeitos de matarem 12 pessoas





Chérif Kouachi e Said Kouachi.

O suspeito que se entregou é o mais novo dos três