O Supremo Tribunal de Justiça do Panamá ordenou a transferência do ex-ditador Manuel Noriega, que se encontra preso, para um hospital para ser operado, informaram na segunda-feira fontes judiciais e os seus advogados.

A data de transferência de Noriega, de 82 anos, para o Hospital Santo Tomás, na capital, para ser operado a um tumor cerebral benigno ainda não foi, contudo, definida, disse o advogado de defesa, Ezra Angel, à agência Efe.

Segundo a decisão judicial, datada de 26 de setembro, Noriega deve permanecer no hospital público “o tempo estritamente necessário em conformidade com o seu estado de saúde e o indicado pelos médicos”.

O antigo ditador apresenta um quadro clínico complicado, pelo que, de dois em dois meses, faz exames médicos.

Os advogados de Noriega tentam, por isso, que o antigo ditador deixe a prisão para cumprir a pena em casa.

Manuel Noriega foi deposto durante uma invasão norte-americana, a 20 de novembro de 1989, em que morreram cerca de 500 pessoas.