A morte de um adolescente às mãos da polícia na passada quinta-feira gerou, sábado, um protesto na cidade brasileira de São Paulo que terminou em confrontos entre polícia e manifestantes e com dois camiões incendiados, revelaram fontes oficiais.

Durante o protesto, que reuniu cerca de 500 pessoas na região de São Mateus, zona este de São Paulo, os manifestantes lançaram vários artefactos artesanais incendiários e pequenos troncos de madeira contra os agentes, disse à agência Efe a polícia militar, que não tem conhecimento de feridos.

A polícia tentou dispersar os manifestantes mais exaltados recorrendo a bombas de gás lacrimogénio e balas de borracha.