O ex-Presidente norte-americano Bill Clinton, que estava no poder quando Nelson Mandela assumiu a presidência, lamentou hoje a morte de um "campeão pela dignidade humana e pela liberdade".

«Hoje o mundo perdeu um dos seus mais importantes líderes e um dos seus melhores seres humanos», referiu Clinton, em comunicado.

O ex-Presidente dos EUA acrescentou que «a História vai recordar Nelson Mandela como um campeão pela dignidade humana e pela liberdade, pela paz e pela reconciliação».

«Vivemos num mundo melhor graças à vida que Madiba viveu», vincou, acrescentando: »Hillary, Chelsea e eu perdemos um verdadeiro amigo».

A morte de Nelson Mandela, aos 95 anos, em Joanesburgo, foi hoje anunciada pelo Presidente da República da África do Sul, Jacob Zuma, numa comunicação televisiva.

Líder da luta contra o apartheid, Nelson Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul, entre 1994 e