Quatro homens malaios detidos por ligação ao homicídio de dois jovens britânicos, estudantes de medicina, confessaram os crimes que terão sido perpetrados após uma discussão depois de uma noite de bebida, anunciou esta quinta-feira a polícia da Malásia.

Os corpos dos dois jovens de 22 anos e oriundos da Universidade de Newcastle foram encontrados na quarta-feira em Kuching, capital do estado de Sarawak, na ilha do Bornéu.

As vítimas foram identificadas como sendo Neil Dalton e Aindan Brunger, ambos de 22 anos e estavam na Malásia para um programa de formação de seis semanas no hospital de Kuching.

Os suspeitos detidos, com idades entre os 19 e os 30 anos, confessaram o crime e a polícia apreendeu ainda uma faca que acredita ter sido usada no crime.

Os quatro homens podem agora enfrentar a pena de morte.