O navio australiano Ocean Shield captou dois novos sinais no oceano Índico que podem ser «compatíveis» com as emissões das caixas negras do avião desaparecido da Malaysia Airlines, informaram esta quarta-feira fontes oficiais.

«O Ocean Shield conseguiu captar sinais em duas ocasiões, no final da tarde e durante a noite de terça-feira», disse o chefe do Centro de Coordenação de Agências Conjuntas, Angus Houston, em Perth, no oeste da Austrália.

O primeiro sinal, que durou cinco minutos e 32 segundos, foi captado durante a tarde, e o segundo sinal, de sete minutos, durante a noite do mesmo dia (hora local da cidade australiana de Perth).