A Malaysia Airlines admitiu, em comunicado, ter recebido uma notificação que dá conta que perdeu o contacto com o avião às 14h15, em Tamak, a cerca de 50 quilómetros da fronteira.

O voo MH17 partiu de Amesterdão às 12h15 e deveria aterrar no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur às 6h10 (horário da Malásia) do dia seguinte.





Um avião da Malaysia Airlines despenhou-se esta quinta-feira, na Ucrânia, junto à fronteira com a Rússia. O avião levava 280 passageiros e 15 tripulantes a bordo. Não há sobreviventes, confirma o governo ucraniano.

Ao que tudo indica, de acordo com um conselheiro do ministro ucraniano do Interior, o avião terá sido abatido por um míssil terra-ar russo quando entrava na região de Donetsk, onde decorrem combates entre tropas ucranianas e separatistas russos.