A Malásia é o destino preferido do mercado turístico muçulmano, apesar dos dois acidentes aéreos que a companhia de bandeira do país sofreu em 2014, indicam os resultados de um inquérito divulgado esta quarta-feira.

A Turquia, os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita, o Qatar e a Indonésia surgem a seguir à Malásia no ranking de escolha de destinos de férias, de acordo com um relatório conjunto da empresa especializada em viagens Crescentrating e a da MasterCard.

O relatório avalia os países no que toca ao seu cuidado com as necessidades dos turistas muçulmanos, incluído a existência e facilidade de acesso a restaurantes com comida 'halal' e a disponibilização de salas de oração nos aeroportos, centros comerciais e hotéis.