A polícia malaia resgatou 29 mulheres filipinas traficadas que trabalhavam em bares, anunciou esta quarta-feira a embaixada das Filipinas em Kuala Lumpur.

As mulheres foram resgatadas de dois bares na cidade de Bintulu, no estado malaio de Sarawak, a 09 de junho, depois de a embaixada ter informado a polícia da existência de mulheres traficadas, segundo indica um comunicado.

Na mesma operação foram detidos três filipinos que faziam de agentes das mulheres.

Como escreve a AFP, o comunicado não indica outros detalhes sobre as mulheres resgatadas, mas deixa avisos sobre indivíduos e agências que oferecem trabalho a pessoas que entram no país como turistas, com a promessa de arranjar vistos em troca de pagamentos.

A embaixada lembra os Filipinos que devem estar atentos e que não devem negociar com indivíduos ou alegadas agências, especialmente online, uma vez que podem acabar por ser traficados".